9 de jan de 2013

Marcos Assunção: Ídolo ou Mercenário?

Assunção chora no adeus ao Verdão
O que dizer do caso Marcos Assunção x Palmeiras? Herói ou bandido? Santo ou demônio? Na atual situação alviverde uma polêmica como essa só mostra como as coisas podem estar estranhas na região da Barra Funda.

Enquanto alguns torcedores ficaram ao lado do jogador outros o acusam de mercenário, dizendo que Assunção só chorou na despedida por não ter mais o salário de 400 mil reais por mês.

Terror dos goleiros
Como torcedor rival eu sempre o vi como um jogador de extrema referência dentro de campo, quando o lendário goleiro Marcos deixou o time esse Marcos assumiu a responsabilidade de líder, chamando jogo, jogando machucado, se sacrificando e fazendo gols de falta importantíssimos para o time. O velho Assunção era o pesadelo de todo goleiro no Brasil, como um jogador desse calibre vira inimigo de um dia para o outro?


E agora em Mago?!


Um clube do tamanho do Palmeiras não deveria passar apuros para pagar o salário de um jogador com essa qualidade e ainda deveria contar com pelo menos mais três ou quatro atletas do mesmo nível no elenco, ou vocês acham que um cara como o “Mago” Valdivia é digno de respeito e carinho por parte da torcida palmeirense?




Em tempos de tempestade para o time (onde o Luan vai jogar na lateral! o.O) a manutenção de certos “Ídolos” seria essencial. A saída de Marcos Assunção só vai deixar o elenco mais pobre e a torcida mais carente. Com a queda do Alviverde Imponente quem perde não é só o Palmeiras e o torcedor, mas também o futebol brasileiro, afinal um ano com menos Corinthians x Palmeiras não terá tanta graça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário