3 de out de 2012

FOOdeu! O Foo Fighters vai “dar um tempo”... e agora?

Como entender a cabeça do gênio Dave Grohl?

Dos anos 90 pra cá o cara conseguiu ser membro de duas das maiores bandas do rock mundial, primeiro como batera do Nirvana e depois como vocal e guitarra do Foo Fighters.
Durante essa trajetória eu sempre imaginei que Grohl era o carinha gente boa do rock, assistindo shows do meio do público, chamando bandas de garagem para abrir shows importantes de suas bandas, sendo o senhor simpatia e fazendo os clipes mais engraçados que já passaram algum dia no finado DiscMtv.
Depois de assistir ao documentário Foo Fighters: Back and Forth percebi que aquela velha atitude de “dono da bola” estava presente no meio da banda, mas na boa ele pode! O cara é a cabeça pensante por trás de tudo, escolheu os melhores pra fazer exatamente o que ele manda, simplificando... Gênio!


Mas todos sabemos que atitudes como essa levam a desunião dentro de um grupo, mesmo que esse grupo ganhe muito bem para simplesmente seguir ordens... Será que podemos explicar essa nova parada da banda assistindo as cenas do documentário Back and Forth?
Em comunicado postado na pagina oficial da banda no Facebook o líder explica a situação da seguinte maneira:
Ei todos...

Dave [Grohl] aqui. Só queria escrever e agradecer-lhes por tudo novamente do fundo do meu coração por mais um ano incrível. Nosso décimo oitavo, para ser exato! Nós realmente nunca teríamos feito nada disso sem vocês...
Nunca, nem em meus sonhos mais selvagens, eu acharia que o Foo Fighters chegaria tão longe. Nunca pensei que nós PODERÍAMOS chegar tão longe, para ser honesto. Houve tempos quando pensei que a banda não iria sobreviver. Houve tempos quando eu queria desistir. Mas... Não posso desistir desta banda. E eu nunca vou. Porque não é apenas uma banda para mim. É a minha vida. É minha família. É meu mundo.
Sim... Eu estava falando sério. Não tenho certeza quando o Foo Fighters vai tocar novamente. Parece estranho dizer isso, mas é uma coisa boa para todos nós sumir por um tempo. É uma das razões porque ainda estamos aqui. Faz sentido? Eu nunca quero NÃO estar nessa banda. Assim, às vezes é bom apenas... deixá-la no fundo da garagem por um tempo...


Mas, nenhum relógio de ouro ou férias ainda... Eu vou estar focando toda minha energia em terminar meu documentário e álbum Sound City para lançamento mundial em um futuro muito próximo. Um ano preparando, pode ser o maior, o mais importante projeto em que já trabalhei. Prepare-se... ele está vindo.
Eu, Taylor, Nate, Pat, Chris e Rami... Tenho certeza de que vamos todos ver vocês lá fora... em algum lugar...
Obrigado, obrigado, obrigado...
Dave”
Fica muito estranho ler que a banda precisa ficar um pouco no fundo da garagem – Dave Grohl só pode estar louco! Como engavetar uma banda como o Foo Fighters logo depois de um disco tão perfeito como o “Wasting Light”? – ou que os caras precisam sumir por um tempo... Tenho certeza que o público não acha, mas vamos pensar positivo e aguardar, afinal não sabemos o que esperar da cabeça do gênio chamado Dave!

Vi no: Whiplash.net

6 comentários:

  1. Ótima notícia.... próxima!!!

    ResponderExcluir
  2. Foi tarde.. banda horrivel. só fazem barulho sem nexo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oloko!

      Quando ódio neste coração...

      Excluir
    2. Banda horrível? ai meu deus deve gostar de que? de restart? aff aprende a respeitar, Foo Fighters é uma das grandes influencias no rock. se você não gosta só respeita! E mesmo se não respeitar como fez, sua opinião é tipo um zero a esquerda, não serve pra nada.

      Excluir
    3. "barulho sem nexo"?? Se não conhece música de verdade, por favor não se pronuncie!!

      Excluir
  3. Melhor dar um tempo na banda após um puta sucesso com um dos melhores álbuns deles, do que fazer isso depois de um álbum ruim e shows fracassados, como a maioria das bandas faz.

    Dave Grohl novamente se mostrando um bom administrador, tem o meu respeito.

    ResponderExcluir