29 de out de 2012

E o PT volta a São Paulo...


O prefeito Beijoqueiro
O saldo final da eleição paulista todos nós já sabemos, após oito anos do mandato de Marta Suplicy o PT retorna ao controle da maior cidade do país. E no final das contas o que isso significa? A pior derrota do PSDB depois das eleições de 2002? A maior vitória petista depois do caso mensalão?
Na verdade essa vitória significa que os partidos políticos não servem mais para nada, além de fornecer um número, uma “cor”, alianças e parcerias para que o candidato tenha um X tempo na televisão!
De forma alguma estou desapontado com os resultados - meu voto foi nulo, nunca gostei de nenhum dos dois candidatos -, mas é interessante observar que hoje as pessoas não se apegam mais aos valores ideológicos do partido (PT = Comunismo ou PSDB = Capitalismo) mesmo porque nem os partidos se colocam mais dessa forma.



Netinho em mais um show como vereador
Vivemos em um tempo em que o PCdoB tem como vereador eleito da cidade de São Paulo o rico cantor Netinho de Paula e o PT forma alianças historicamente contraditórias com Paulo Maluf; as ideologias morreram em nosso país, o idealismo e o pensamento político muitas vezes xiita deu lugar as alianças e trocas de favores.
Parceria forti aqui era noís dois...
 O povo hoje vota em imagens, personalidades, e algumas vezes, em propostas vantajosas para seu dia a dia. O mensalão não abalou a campanha de Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo e provavelmente não vai abalar as eleições de 2014. As pessoas não enxergam uma cúpula criminosa dentro de um partido e sim o candidato a pessoa, e podemos até dizer que o PT foi sábio em escolher o “simpaticão” Haddad como candidato.
Na prática nada se altera e talvez o sentimento de mudança que levou mais de 3 milhões de pessoas a escolher o candidato petista talvez seja frustrado pelo fato de que hoje tucanos e proletariados são todos farinha do mesmo saco.

Mas a maioria venceu e a democracia foi exercida de forma livre, isso é o que importa!

Serra vulgo Senhor Burns

Um comentário: